Notícias

Notícias

Publicado em 03/10/2019

Instituto Bancorbrás impacta mais de 100 pessoas na 9ª Semana de Responsabilidade Social

Instituto Bancorbrás impacta mais de 100 pessoas na 9ª Semana de Responsabilidade Social
Instituto Bancorbrás impacta mais de 100 pessoas na 9ª Semana de Responsabilidade Social

Entre os dias 24 e 27 de setembro, o Instituto Bancorbrás promoveu a 9ª Semana de Responsabilidade Social. Ao todo, 102 pessoas participaram das atividades realizadas, sendo voluntários do programa Eu Abraço Essa Causa e profissionais de instituições sociais.

No dia 24 e 25 de setembro, foi promovido o mutirão de doação de sangue para o Hemocentro de Brasília, com a participação de 27 colaboradores voluntários da Bancorbrás. O Instituto ofereceu um café da manhã especial para os participantes, além do transporte até o Hemocentro.

Já no dia 27 de setembro, foi realizado o Fórum de Responsabilidade Social – Boas Práticas no Terceiro Setor, no Colégio Dom Bosco, na Asa Sul. Foram promovidas onze palestras, ministradas por profissionais voluntários, com temáticas voltadas para a área social, como captação de recursos, negócios de impacto, liderança, entre outros. O evento contou com o apoio de voluntários do Programa Eu Abraço Essa Causa, que auxiliaram na organização. Foram 75 participantes entre estudantes e profissionais de Organizações da Sociedade Civil – OSCs, do Distrito Federal.

O fechamento do Fórum ficou por conta do palestrante Steven Dubner, com a palestra “Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez”. O Fórum teve o apoio do Centro Salesiano do Menor – CESAM, na concessão do espaço. Steven é um dos fundadores da ADD – Associação Desportiva para Deficientes. O professor foi técnico da seleção brasileira em várias modalidades, trabalhou e competiu em diversos países da América, Europa, Ásia e a África. Atuou também junto ao Comitê Paralímpico Brasileiro e a Confederação Brasileira de Basquete em Cadeira de Rodas e participou de diversas Paralímpiadas.

“Meu primeiro evento realizado pela Bancorbrás e já sai com gostinho de quero mais, agradeço a oportunidade em prestigiar, aprender e compartilhar as informações de grande relevância nas nossas instituições. ” Gislaine Andrea Almeida Medeiros, Obras Sociais do C.E.F Jeronimo Candinho.

Os ingressos para o Fórum custaram de R$10,00 a R$20,00, totalizando R$1.029,00 de receita, valor que será inteiramente doado para o Abrigo Esperança, que atende pessoas com múltiplas deficiências, em Ceilândia-DF.

Comente essa notícia